Canon diz que mercado de câmeras digitais pode encolher em 2009

terça-feira, 25 de novembro de 2008 13:13 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - O mercado global de câmeras digitais pode sofrer uma contração no próximo ano, alertou o presidente da empresa líder de mercado no segmento, a Canon, em um momento em que condições econômicas fracas afundam a demanda.

Tsuneji Uchida disse à Reuters que a Canon pretende cortar 1 bilhão de dólares em custos com um novo sistema computacional que deve ser completado até 2010. Ele também disse que não tinha pressa para se juntar a outras companhias japonesas em uma onda de aquisições.

A desaceleração econômica começou a atingir as vendas de câmeras digitais mais sofisticadas, que usam lentes removíveis, mas, no geral, as vendas de câmeras da Canon estão sólidas antes da temporada de compras do final do ano, disse Uchida.

A perspectiva, entretanto, está cada vez mais incerta e o mercado de câmeras digitais, de 40 bilhões de dólares, pode encolher no próximo ano em termos de unidades, disse Uchida. Isso pode aumentar o risco de que a queda de lucros da Canon se prolongue para 2009.

A demanda global por câmeras digitais cresceu 24 por cento, para 130 milhões de unidades em 2007, de acordo com a empresa de pesquisas IDC, e os principais rivais da Canon, incluindo a Sony e a Nikon, ainda estão prevendo crescimento de vendas para este ano.

No último mês, a Canon cortou previsão de vendas de câmeras digitais compactas em 2008 em 6 por cento, para 23,5 milhões de unidades, mas isso ainda representa um crescimento de 10 por cento ano a ano.