Toshiba pode adiar construção de duas fábricas de chips

quarta-feira, 26 de novembro de 2008 19:07 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - O conglomerado japonês de eletrônicos Toshiba avalia adiar a construção de duas novas unidades fabris de chips diante do desaquecimento da demanda e da queda nos preços, disse a agência de notícias Kyodo nesta quarta-feira.

A Toshiba, segunda maior fabricante mundial de memória flash, depois da Samsung, enfrenta redução na demanda por parte dos consumidores por conta da crise financeira e a perspectiva de uma crise econômica global.

A porta-voz da Toshiba, Kaori Hiraki, disse que a companhia não tomou a decisão de postergar a construção das duas fábricas. Ela disse que a empresa está sempre estudando o melhor momento para implantar as novas unidades de forma a atender a demanda.

A Toshiba havia informado que planeja iniciar a construção das novas fábricas de Iwate e Mie no início de 2009 para que elas comecem a produzir em 2010.

Uma delas será construída em parceria com a SanDisk, disse a Toshiba em fevereiro deste ano.

Com a retração no mercado de chips, entretanto, a Toshiba considera adiar parte dos investimentos planejados de 370 bilhões de ienes (3,9 bilhões de dólares) para algum momento entre 2009 e 2010, disse a agência Kyodo.

(Reportagem de Sachi Izumi)