Panasonic corta em 90% previsão de lucro e fará reestruturação

quinta-feira, 27 de novembro de 2008 10:51 BRST
 

Por Kiyoshi Takenaka

TÓQUIO (Reuters) - A Panasonic cortou previsão de lucro líquido anual em 90 por cento e anunciou planos de reestruturação, em um momento em que a crise financeira global começa a atingir as principais fabricantes de produtos eletrônicos do Japão.

A Panasonic, principal fabricante de televisores de plasma do mundo, informou que vai incorrer em cerca de 1,4 bilhão de dólares em custos de reestruturação para se adequar ao declínio econômico que já forçou rivais como Sony e Sharp a cortar perspectivas.

A nova previsão, que está muito abaixo das expectativas de mercado, surpreendeu investidores que consideravam a Panasonic como relativamente bem posicionada para lidar com a desaceleração econômica global, graças a uma estrutura de produção eficiente e um portfólio de negócios diversificado.

"Se a Panasonic tiver de cortar sua perspectiva nessa proporção, não é muito difícil adivinhar como está difícil a situação para outros fabricantes de eletrônicos também", disse um gerente de fundos de uma empresa de administração de ativos japonesa.

A Panasonic agora prevê que o lucro líquido da empresa despenque para 30 bilhões de ienes (315 milhões de dólares) no ano que termina em março de 2009, uma queda ante previsão anterior de 310 bilhões de ienes e de lucro de 281,88 bilhões de ienes um ano antes.

A companhia alertou que pode não atingir meta de vender 11 milhões de televisores de tela plana neste ano fiscal, reforçando perspectivas pessimistas quanto à demanda dos consumidores em um momento em que o Japão e outras grandes economias entram em recessão.

 
<p>Clientes descem escadas em uma loja de eletr&ocirc;nicos em T&oacute;quio, no dia 27 de novembro. REUTERS/Issei Kato (JAPAN)</p>