Ações da Panasonic caem para cotação mais baixa em 5 anos

sexta-feira, 28 de novembro de 2008 15:34 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - As ações da Panasonic caíram 11 por cento na sexta-feira, ao nível mais baixo em mais de cinco anos, depois que a empresa se tornou a mais recente fabricante japonesa de eletrônicos a reduzir projeções devido à crise econômica.

A revisão levou a Nomura Securities a cortar sua recomendação para a Panasonic, maior fabricante mundial de TVs de plasma, de "compra" para "neutro", com um alerta de que a reestruturação pode voltar a reduzir os lucros no próximo ano fiscal, que começa em 1o de abril.

A Panasonic reduziu a projeção para o atual ano fiscal em 90 por cento, para 30 bilhões de ienes (315 milhões de dólares), menor lucro em seis anos e equivalente a uma fração do consenso anterior do mercado.

"As projeções de receita da Panasonic enfatizaram a deterioração da saúde econômica", disse Terushi Hirotama, diretor de operações da Ichiyoshi Securities.

"Até recentemente, os investidores acreditavam que a Panasonic seria capaz de resistir à desaceleração. Mas agora estão dizendo: você também, Panasonic?"

A Nomura também reduziu sua recomendação para a concorrente Sony de "compra" para "neutro", refletindo a alta do iene e a queda nos preços dos televisores com telas de cristal líquido. As ações da Sony caíram 1,8 por cento.

As ações da Panasonic fecharam em baixa de 10,9 por cento, depois de terem sido negociadas no patamar mais baixo desde junho de 2003 durante o pregão.

(Por Nathan Layne, Sachi Izumi e Rika Otsuka)