1 de Dezembro de 2008 / às 14:46 / 9 anos atrás

Nokia centraliza esforços em celulares inteligentes e serviços

Por Tarmo Virki

BARCELONA, 1o (Reuters) - A líder mundial nos celulares, Nokia, deve reforçar sua oferta de aparelhos de primeira linha em um evento setorial e de mídia que acontece terça-feira em Barcelona, onde também deve revelar seus planos para um esforço na área de serviços de Internet.

A Nokia continua a dominar o mercado de celulares inteligentes--aparelhos com recursos semelhantes aos de computadores, como email--, mas suas vendas caíram no terceiro trimestre, ante o mesmo período em 2007, e ela perdeu mercado para a Apple e a Research In Motion (RIM), fabricante do BlackBerry.

“Estou certo de que haverá alguns aparelhos novos na terça e na quarta-feira, no segmento de celulares inteligentes e modelos com telas de toque”, disse Jan Dworsky, analista do Handelsbanken.

A batalha pelo setor de celulares inteligentes se aqueceu desde que a Apple lançou o iPhone, no ano passado, e todos os produtores querem conquistar participação maior em um mercado que deve crescer a despeito do cenário econômico desfavorável.

“Os celulares inteligentes devem ser um segmento de melhor desempenho que os outros em 2009, mesmo que registrem desaceleração quanto a 2008”, disse Dworsky.

Embora o crescimento total no mercado de celulares tenha se desacelerado para apenas três por cento no terceiro trimestre, o segmento de celulares inteligentes cresceu em 28 por cento ante igual período do ano anterior, para 40 milhões de unidades, de acordo com o grupo de pesquisa Canalys.

A alta na demanda pelos mais recentes modelos iPhone e BlackBerry ajudou Apple e RIM a aumentarem sua participação no mercado de celulares inteligentes no período.

“A Apple redefiniu toda a categoria”, disse Sean Dalton, sócio diretor da Highland Capital Partners, enfatizando a funcionalidade simples do acesso à Internet via iPhone.

“Acredito que o mercado de celulares inteligentes seja na verdade dois mercados: em um deles, dois concorrentes se defrontam (Apple e RIM), e no segundo ficam todos os outros, nenhum dos quais conseguiu se diferenciar concretamente”, afirmou Dalton.

A Nokia liderou o segmento dos celulares inteligentes por uma larga margem em vários anos, , mas suas vendas caíram em bases anuais pela primeira vez no terceiro trimestre.

A participação de mercado da empresa finlandesa caiu para 38,9 por cento em setembro, ante os 51,4 por cento que ela detinha um ano antes, segundo a Canalys. Já a participação da Apple subiu para 17,3 por cento e a da RIM, para 15,2 por cento.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below