Telefónica faz oferta para deter 100% de operadora chilena

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008 17:11 BRST
 

SANTIAGO, 1o (Reuters) - O grupo espanhol Telefónica informou nesta segunda-feira que fez uma oferta pelas 31,1 milhões de ações em circulação da Telefonica Chile por estimados 50,4 milhões de dólares, oferta com a qual pretende passar a controlar 100 por cento da unidade chilena.

No mês passado, a empresa ampliou sua participação na companhia de Santiago para 96,75 por cento, ante os 44,9 por cento que detinha em outubro, depois que os acionistas aprovaram alterações no estatuto da companhia para permitir tal transação, avaliada em mais de 1 bilhão de dólares.

Nesta segunda-feira, a empresa apresentou uma oferta para comprar 28 milhões de papéis série A, por 1,1 mil pesos cada, e algo como 3 milhões de ações série B, por 990 pesos cada. A oferta tem validade de 30 dias, segundo a companhia espanhola, a partir do dia 2 de dezembro.

Os papéis da operadora chilena subiram 8,3 por cento, para 1,085 pesos, após a divulgação da notícia.

A Telefonica Chile, maior operadora de telefonia fixa daquele país, teve uma queda de 26 por cento nos lucros dos nove primeiros meses do ano e vendas estáveis, com aumento dos custos operacionais.

(Reportagem de Manuel Farias)