Fabricante do BlackBerry sofre com desaceleração de assinaturas

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008 11:53 BRST
 

Por Paul Sandle

LONDRES (Reuters) - A Research In Motion (RIM), fabricante do aparelho BlackBerry, reduziu na terça-feira sua perspectiva de lucro e de receita do terceiro trimestre bem mais do que as expectativas de Wall Street, indicando crescimento de assinantes em desaceleração, margens mais pequenas e fortes variações cambiais.

Em anúncio surpresa na noite de terça-feira, a empresa informou que espera receita do terceiro trimestre fiscal entre 2,75 e 2,78 bilhões de dólares --9 por cento abaixo do ponto médio que analistas previam, numa faixa entre 2,77 bilhões a 3,10 bilhões de dólares.

O lucro ajustado agora se espera que fique entre 0,81 e 0,83 dólar por ação, em comparação com a faixa entre 0,89 e 0,97 dólar por ação que a companhia havia inicialmente previsto para o terceiro trimestre, que terminou em 29 de novembro.

Analistas, em média, esperavam que o lucro do terceiro trimestre seria de 0,89 dólar por ação, excluindo itens, com receita de 2,92 bilhões de dólares, de acordo com a Reuters Estimates.

"O timing de lançamento de novos produtos, condições econômicas gerais e volatilidade do câmbio diminuíram nossos resultados no terceiro trimestre", disse o co-presidente-executivo da empresa, Jim Balsillie, em um comunicado.

Foi um forte contraste com o tom agressivo que ele adotou há dois meses, quando a companhia registrou bons resultados no segundo trimestre.

A Research in Motion é amplamente considerada como uma das principais ações do último ciclo de investimentos em tecnologia, juntamente com Apple, Google e Amazon.