Lenovo prevê consolidação na indústria de PCs

terça-feira, 9 de dezembro de 2008 09:36 BRST
 

XANGAI (Reuters) - O Lenovo Group, quarto maior fabricante de computadores pessoais do mundo, espera mais consolidação na indústria diante da redução do ritmo da economia mundial, afirmou o presidente-executivo da companhia nesta terça-feira.

"Não há dúvida de que nesta situação econômica você verá consolidação na indústria de PCs", afirmou William Amelio, em entrevista à imprensa, acrescentando que o mercado de PCs da China perdeu força de maneira "significativa".

Quando perguntado sobre possíveis cortes de empregos e reestruturação da Lenovo em resposta ao declínio econômico, Amelio disse: "Todas as idéias estão sobre a mesa", mas ele não deu mais detalhes.

Entretanto, o presidente-executivo da Lenovo, Yang Yuanqin, disse que a companhia continuará a investir em áreas estratégicas de crescimento, tais como nos mercados emergentes e nos segmento de consumo.

Yang disse que continua otimista de que a economia da China continuará a crescer cerca de 8 ou 9 por cento anualmente nos próximos anos.

A Lenovo pretende crescer mais rápido que a média da indústria nos próximos anos, disse ele, sem fornecer dados específicos.