Android do Google ganha o suporte de 14 fabricantes

terça-feira, 9 de dezembro de 2008 19:34 BRST
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - Um grupo de 14 dos maiores fabricantes de telefone celular e chips, incluindo a Sony Ericsson, Vodafone e ARM Holdings, se uniu à Aliança Aberta de Aparelhos nesta terça-feira para dar suporte à plataforma móvel Android desenvolvida pelo Google.

O compromisso dos novos membros em dar suporte ao Android é uma façanha significativa para o Google na indústria de telefonia celular, já que até o momento o único telefone feito nessa plataforma, o G1 da T-Mobile, enfrenta a concorrência do amplamente popular iPhone da Apple.

A Sony Ericsson, joint venture entre a japonjesa Sony e a sueca Ericsson, informou nesta terça-feira que planeja lançar um modelo de celular com o Android em meados de 2009.

"O Android vai se tornar uma significativa plataforma de aplicações para telefones móveis", disse o chefe da área móvel da Ericsson, Robert Puskaric, em um comunicado.

Ao se unir à Aliança, cada um dos membros se compromete a desenvolver aplicativos e serviços para telefones móveis usando o software Android. A fabricante de computadores Asustek, de Taiwan, e a Toshiba também assumiram o compromisso, levando o nuúmero total de empresas comprometidas com a Aliança a 47 até o momento.

Tanto o Google como a Apple solicitaram aos desenvolvedores que criem aplicações para seus telefones móveis, mas a Apple ainda mantém um controle acirrado sobre o hardware e o sistema operacional do iPhone. O Android do Google é feito em plataforma aberta e, por isso, pode ser modificado por desenvolvedores de fora da companhia.

(Reportagem de Jennifer Martinez)