Panasonic gastará pelo menos US$4,5 bi para comprar Sanyo

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008 11:19 BRST
 

Por Kiyoshi Takenaka

TÓQUIO (Reuters) - A Panasonic informou nesta sexta-feira que gastará pelo menos 4,5 bilhões de dólares para tomar controle da rival de menor porte Sanyo Electric, o que criará a segunda maior fabricante de produtos eletrônicos do Japão, atrás da Hitachi.

A Panasonic, maior fabricante mundial de televisores de plasma, informou que oferecerá 131 ienes por cada ação ordinária da Sanyo, um desconto de 4 por cento em relação ao fechamento do preço do papel na sexta-feira. O objetivo da empresa é adquirir porção majoritária da Sanyo, maior produtora mundial de baterias recarregáveis.

O Goldman Sachs, maior acionista da Sanyo, informou que venderá sua participação na companhia à Panasonic.

A decisão do Goldman -- que rejeitou as ofertas iniciais da Panasonic por considerar muito baixas -- vem após a instituição ter divulgado seu primeiro prejuízo trimestral desde que abriu capital.

A Panasonic informou em um anúncio que está considerando investir 100 bilhões de ienes para criar efeitos de sinergia entre as duas empresas.

 
<p>A Panasonic informou nesta sexta-feira que gastar&aacute; pelo menos 4,5 bilh&otilde;es de d&oacute;lares para tomar controle da rival de menor porte Sanyo Electric, criando a segunda maior fabricante de produtos eletr&ocirc;nicos do Jap&atilde;o REUTERS/Toru Hanai</p>