Fundo de investimento Tamisa adquire 10% das ações da Telebrás

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008 12:40 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Telebrás, holding de telecomunicações que controlava todas as operadoras do país antes da privatização, informou nesta segunda-feira que o Tamisa Fundo de Investimento Multimercado já controla 10 por cento de suas ações com direito a voto.

A companhia, que 10 anos após a privatização do setor permanece listada mas sem atividades, informou na sexta-feira ter recebido autorização do governo federal para elevar seu capital em 200 milhões de reais, em uma demonstração de que o governo pode ter planos para reativar a empresa.

Às 12h35, com baixa liquidez, os papéis subiam 2,2 por cento, a 0,46 real, depois de terem avançado na sexta-feira mais de 29 por cento.

De acordo com o comunicado desta segunda-feira, o fundo Tamisa, por meio de BCSUL Verx Serviços Financeiros, detinha, no dia 22 de dezembro, 34,672 bilhões de ações ordinárias da Telebrás, o equivalente a 10 por cento do total.

O fundo informou que adquiriu as ações para "mera realização de operações financeiras" e não para controle da companhia.

Um decreto da Presidência da República publicado no Diário Oficial de 23 de dezembro autorizou a companhia a emitir novas ações até o montante de 200 milhões de reais, mas a companhia, procurada pela Reuters na sexta-feira, disse ainda não poder explicar as razões para o aumento de capital.

A empresa acumula, de janeiro a setembro, prejuízo líquido de 24,4 milhões de reais, ante prejuízo de 16,87 milhões de reais um ano antes.

No final do ano passado, o governo já havia divulgado planos de capitalizar a companhia para projetos de inclusão digital, mas o processo não avançou.

(Por Taís Fuoco)