Irã confirma detenção de blogueiro pioneiro no país

terça-feira, 30 de dezembro de 2008 17:04 BRST
 

TEERÃ (Reuters) - Um destacado blogueiro irano-canadense foi detido e seu caso está sob investigação, informou nesta terça-feira uma fonte judicial iraniana, na primeira confirmação pública oficial sobre o paradeiro do jornalista.

Hossein Derakhshan, chamado de "Blogfather" por seu papel pioneiro na revolução dos blogs (diários pessoais na Internet) no Irã, atualizou seus comentários pela última vez em outubro e os meios de comunicação canadenses informaram que, de acordo com um amigo, ele teria sido preso no dia 1o de novembro durante uma visita ao país.

Derakhshan foi detido sob acusação de espionagem para Israel, um país que a República Islâmica não reconhece, segundo a imprensa do Canadá.

"Seu caso está em uma etapa de investigação preliminar em um tribunal revolucionário e ele se encontra atualmente encarcerado em Teerã", disse o porta-voz judicial Alireza Jamshidi quando questionado sobre o caso de Derakhshan em uma coletiva de imprensa.

Os tribunais revolucionários lidam com os casos de segurança nacional. O porta-voz não deu mais detalhes.

A iraniana Shirin Ebadi, ganhadora do prêmio Nobel da Paz e advogada de direitos civis, fez uma campanha no início de dezembro pela libertação de Derakhshan, ainda que tenha admitido no momento que não podia confirmar se o jornalista estava realmente detido.

Derakhshan, de 33 anos, trabalhou como jornalista em Teerã antes de se mudar para Toronto em 2000. Ele ganhou reconhecimento ao publicar instruções sobre como utilizar programas de criação de blogs para publicar textos em persa, o que detonou uma expansão desse meio de comunicação no idioma iraniano.

(Reportagem de Hashem Kalantari)