Sem Jobs ou novidades no Macworld, Apple desaponta

terça-feira, 6 de janeiro de 2009 18:09 BRST
 

Por Gabriel Madway e David Lawsky

SAN FRANCISCO (Reuters) - A Apple Inc. informou nesta terça-feira que eliminará a proteção contra cópias das canções digitais vendidas pela Internet e apresentou seu primeiro laptop com tela final de 17 polegadas, mas sem novidades dramáticas ou a presença de sua principal celebridade, Steve Jobs, a performance final do evento Macworld desapontou Wall Street.

"Houve alguns produtos inovadores, mas nenhum verdadeiro blockbuster", disse Robert Francello, chefe da empresa de equity Apex Capital, em San Francisco.

A Apple informou que sua loja de músicas iTunes, que já vendeu 6 bilhões de canções no formato digital até o momento, vai oferecer seu acervo de 10 milhões de músicas livres do software de proteção a cópias no final do trimestre por preços que irão variar entre 0,69 e 1,29 dólar.

As canções também estarão disponíveis para serem compradas através do iPhone, em vez de somente pelo computador.

A companhia decidiu não usar o Macworld deste ano para fazer um grande lançamento de produto, como fez nos anos anteriores, quando apresentou produtos tão inovadores como o iPhone.

Em anos passados, os lançamentos apresentados pela Apple no Macworld chegaram a ofuscar a muito maior feira de eletrônicos de consumo Consumer Electronics Show (CES). A edição de 2009 dessa feira acontece a partir da quinta-feira desta semana, em Las Vegas.

O evento desta terça-feira produziu poucas surpresas. A Apple anunciou um laptop de 17 polegadas que é o mais fino da marca, assim como softwares para filmes domésticos e fotografias.