Vendas da Huawei saltam 46% em 2008, para US$23,3 bilhões

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009 12:30 BRST
 

Por Kirby Chien

PEQUIM (Reuters) - Os contratos globais conquistados pela Huawei Technologies, maior empresa de equipamentos de rede da China, saltaram 46 por cento em 2008, para 23,3 bilhões de dólares, segundo informou nesta quarta-feira o China Business News.

A Huawei também estimou que as vendas alcancem mais de 30 bilhões de dólares em 2009, de acordo com a publicação em seu website, citando um email interno da Huawei no dia 2 de janeiro.

A companhia chinesa normalmente só divulga os contratos conquistados, enquanto a receita da companhia gira entre 72 e 75 por cento desse montante, de acordo com a publicação.

"Olhando para 2009, nossos negócios globais devem exceder 30 bilhões de dólares", disse o presidente do conselho da fabricante, Sun Yafang, em email aos funcionários, segundo a reportagem.

"A situação econômica global está muito complicada, oferecendo ao mesmo tempo desafios e oportunidades", disse Sun.

Mais de três quartos das vendas da Huawei são gerados fora da China, em países onde tanto ela como a rival de menor porte ZTE estão se expandindo rapidamente, assumindo participação de mercado de gigantes globais como Nokia e Qualcomm com preços agressivos.

No Brasil, por exemplo, a Huawei triplicou seu faturamento entre 2006 e 2008, para 1 bilhão de reais, segundo informações fornecidas à imprensa em dezembro. Ela tem contratos com todas as operadoras de celular do país.

Ainda que a Huawei estime declínio no índice de crescimento das vendas, para algo como 30 por cento em 2009, a empresa está em melhor forma que muitos dos seus rivais mundiais.

A agência de classificação de risco Fitch afirmou, em um relatório na terça-feira, que a previsão para o mercado de equipamentos de telecomunicações em 2009 era negativa diante da maior rpessão nas margens tanto em aparelhos celulares como em equipamentos de rede.