Time Warner faz baixa contábil de US$25 bi e reduz estimativas

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009 16:27 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A Time Warner informou nesta quarta-feira que espera uma despesa extraordinária de 25 bilhões de dólares em baixas de alguns intangíveis, o que vai levá-la a perdas do quarto trimestre do ano, notícia que fez com que as ações da companhia caíssem 7 por cento.

Cerca de 15 bilhões de dólares dessas despesas estão relacionados ao declínio do valor de seus ativos na área de franquia de cabos. As perdas ainda envolvem as unidades Time Inc. e AOL.

Por conta dessa despesa extraordinária, a Time Warner vai reportar prejuízo líquido em 2008 quando comparado à estimativa anterior de que ela teria ganhos por ação entre 1,04 e 1,07 dólar.

A divisão Time Warner Cable informou, em um comunicado separado, que também antecipava uma perda contábil sem efeito caixa de algo como 350 milhões de dólares relacionados à sua participação na Clearwire, que constrói uma rede de banda larga sem fio. A unidade também previu prejuízo líquido no ano.

O conglomerado de mídia Time Warner, que também controla a rede de cabos CNN e o estúdio de cinema Warner Bros, ainda reduziu sua estimativa de lucro operacional antes de depreciações e amortizações no quarto trimestre.

A empresa agora projeta uma alta de 1 por cento no resultado ajustado, que foi de 12,9 bilhões de dólares em 2007. Anteriormente, sua expectativa era de um crescimento de 5 por cento.

(Reportagem de Yinka Adegoke)