Nokia deixa de produzir aparelho WiMax 9 meses após lançamento

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009 13:12 BRST
 

HELSINQUE (Reuters) - A Nokia, maior fabricante mundial de telefones celulares, informou nesta quinta-feira que vai deixar de produzir seu único aparelho com a tecnologia norte-americana WiMax, em mais um golpe para o atribulado padrão de banda larga sem fio.

O WiMax disputa o título de próxima geração de telefonia móvel, mas tem perdido parte da batalha para um outro padrão, o Long Term Evolution (LTE).

"Interrompemos a produção do modelo N810 WiMax Edition. Ele chegou ao final de seu ciclo", disse um porta-voz da Nokia.

A companhia finlandesa lançou o modelo há apenas nove meses, enquanto os demais celulares costumam ter um tempo de vida superior a um ano.

A canadense Nortel Networks afirmou que o LTE será o método de atualização mais provável para algo como 80 por cento das operadoras de telefonia móvel do mundo, enquanto as demais optarão pelo WiMax.

A Nokia não descartou lançar outros modelos de telefone com WiMax no futuro.

"Continuaremos acompanhando a tecnologia e sua evolução", acrescentou o porta-voz.