Sony pode sofrer prejuízo de US$1,1 bi, primeiro em 14 anos

terça-feira, 13 de janeiro de 2009 09:19 BRST
 

Por Kentaro Hamada e Sachi Izumi

TÓQUIO (Reuters) - A Sony deverá amargar um prejuízo operacional anual de cerca de 1,1 bilhão de dólares, o primeiro do tipo sofrido pela empresa em 14 anos. O resultado deve ser impactado por vendas fracas e a um iene mais valorizado, informou uma pessoa próxima ao assunto.

As ações da companhia recuaram 9 por cento, eliminando 2 bilhões de dólares de valor de mercado da empresa para 22 bilhões de dólares. Enquanto isso, a rival Toshiba perdeu mais de 8 por cento de seu valor após a mídia japonesa ter informado que a empresa também deve publicar grande prejuízo neste ano financeiro.

Se a Sony registrar tamanha perda, a administração da empresa poderá ser pressionada a realizar reestruturações mais profundas que aquelas que fazem parte de um plano revelado no último mês, que pregava corte de investimentos, saída de certos negócios e redução de 16 mil empregos. Este número inclui 8 mil trabalhadores regulares ou cerca de 4 por cento de sua força de trabalho.

"Eu acredito que há boas chances de que a companhia vai acelerar a sua reestruturação em relação ao que foi anunciado em dezembro", disse Kazuharu Miura, analista do instituto de pesquisa Daiwa.

A Sony poderá registrar um prejuízo operacional de 100 bilhões de ienes (1,1 bilhão de dólares) no ano comercial que termina em 31 de março, em vez de um lucro estimado anteriormente em 200 bilhões de ienes, informou a fonte, que falou na condição de não ser identificada porque a Sony ainda não revisou suas previsões.