Internautas da China disparam 42% em 2008 e chegam a 298 milhões

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009 09:19 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - O número de internautas na China em 2008 saltou cerca de 42 por cento, para 298 milhões. Esses números solidificam a posição do país como a maior população na Internet do mundo, informou o Centro de Informações de Rede e Internet da China (CNNIC, na sigla em inglês).

O número de usuários da Internet que usam acesso móvel decolou 113 por cento, para 117,6 milhões em 2008, e a Internet móvel deve crescer explosivamente nos próximos anos, após a emissão recente de licenças de terceira geração (3G) -- informou a agência estatal.

A taxa de penetração da Internet na China aumentou para 22,6 por cento, levemente superior à média mundial de 21,9 por cento, informou a CNNIC em um relatório.

Além disso, o número de leitores de notícias na Internet subiu para 2,34 milhões e sites se tornaram uma área crucial para publicidade, informa o relatório.

Portais de notícias da China, como o Sina Corp e o Sohu.com, são as principais fontes de informação para um grande número de usuários da Web por todo o país.

Cauteloso quanto à ameaça ao seu sistema de monitoramento de informações, o governo de Pequim lançou uma dura campanha de combate ao que chamou de conteúdo "vulgar" neste mês, após conduzir inúmeros esforços de censura focados em pornografia, criticismo político e fraudes virtuais no passado.