14 de Janeiro de 2009 / às 21:53 / em 9 anos

Jobs se afasta do comando da Apple por motivos médicos

LOS ANGELES (Reuters) - O presidente-executivo da Apple, Steve Jobs, vai se afastar do comando da companhia por razões médicas até o final de junho uma vez que seus problemas de saúde se mostraram “mais complexos do que originalmente se imaginava”, disse ele nesta quarta-feira, surpreendendo investidores.

Jobs, um sobrevivente de um câncer do pâncreas, disse, no entanto, que planeja se manter envolvido nas principais decisões estratégicas da companhia enquanto estiver fora. O diretor de operações Tim Cook vai assumir o dia-a-dia da empresa na ausência de Jobs.

O comunicado da Apple chega apenas uma semana depois de Jobs ter tentado acalmar as persistentes preocupações dos investidores com sua saúde, dizendo que sua perda de peso nos últimos meses era provocada por um distúrbio hormonal relativamente simples de tratar.

Especulações sobre sua saúde ressurgiram em junho de 2008, quando ele apareceu visivelmente mais magro em um evento da Apple. Jobs é apontado como o motor dos grandes lançamentos de sucesso da Apple, o que inclui o tocador de música iPod e o celular iPhone.

Reportagem de Edwin Chan

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below