Microsoft estuda cortes de empregos, diz jornal

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009 11:02 BRST
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - A Microsoft está considerando cortes significativos de empregos em várias divisões, publicou o Wall Street Journal no final da quarta-feira, citando pessoas próximas dos planos da companhia.

Mas os estudos para os cortes ainda não foram acertados e a Microsoft pode acabar encontrando métodos alternativos para controlar custos, informou o jornal.

Um porta-voz da Microsoft não comentou o assunto.

O número de cortes potenciais deve ser bem menor que as 15 mil posições que foram aventadas nos últimos dias, informou o jornal.

A Microsoft pode anunciar as reduções durante a divulgação de resultados trimestrais, na próxima semana, afirmou o jornal.

A gigante do software emprega cerca 91 mil pessoas no mundo.

(Por Anupreeta Das)