Sanyo reduz expectativa de lucro para zero

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009 13:17 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - A japonesa Sanyo Electric, em vias de ser adquirida pela Panasonic, reduziu nesta quinta-feira estimativa de lucro anual para zero por conta do desaquecimento em seu negócio de chips, além de informar que eliminará 1,2 mil postos de trabalho.

A Sanyo, maior produtora mundial de baterias recarregáveis, informou nesta quinta-feira que o declínio nas vendas, um iene em alta e custos de reestruturação na divisão de chips vão eliminar os lucros.

A sétima fabricante mundial de painéis solares espera agora que seu lucro líquido seja zero para o ano fiscal que se encerra em março, ante a previsão anterior, informada em novembro, de um ganho de 35 bilhões de ienes (393,5 milhões de dólares). Uma média de previsões de sete analistas estimava o lucro da companhia em 29 bilhões de ienes.

Afetada tanto pela queda nas vendas e nos preços, a área de chips da Sanyo poderá perder 20 bilhões de ienes neste ano --sete vezes as perdas relacionadas a chips no ano anterior-- disse o vice-presidente Koichi Maeda a jornalistas em uma conferência de imprensa.

A Sanyo também cortará 600 empregos diretos, ou 6 por cento de sua força de trabalho na área de chips, e adicionais 600 funcionários terceirizados tanto em seu país de origem como no exterior.

A Panasonic, que pretende comprar a Sanyo este ano por até 9 bilhões de dólares, anunciou a intenção de deixar os negócios não rentáveis e centralizar seus esforços em assumir participação de mercado de TVs de tela plana das rivais Samsung, Sony e LG.