Elcoteq anuncia corte de 5 mil postos de trabalho e ações sobem

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009 14:43 BRST
 

HELSINQUE (Reuters) - A empresa de serviços de manufatura de eletrônicos Elcoteq informou nesta quinta-feira que planeja eliminar algo como um quarto de sua força de trabalho e fechar fábricas globalmente para adequar sua estrutura à demanda mais fraca, o que levou suas ações para cima.

"O plano de reestruturação não implica em mudanças na estratégia da companhia, ele simplesmente consiste em medidas preparatórias para antecipar mudanças nas condições de mercado e em preservar a rentabilidade em 2009 e além dele", disse a Elcoteq.

A empresa finlandesa, fornecedora das principais empresas de telefonia móvel, disse que poderá cortar em torno de 5 mil postos globalmente, do total de 21 mil funcionários, em busca de uma economia anual entre 80 milhões e 100 milhões de euros (105 milhões a 131 milhões de dólares).

As ações da emrpesa subiram até 25 por cento depois da divulgação dos planos.

BRASIL PRESERVADO

A empresa informou que irá fechar fábricas na Romênia, Estados Unidos e Rússia, além de consolidar operações da China em Pequim.

"Mesmo com essas medidas, a Elcoteq vai manter... as operações de manufatura para seus clientes no Brasil, México, Estônia, Hungria, China e Índia", disse a empresa.

A companhia tem uma subsidiária em Manaus (AM), a Elcoteq da Amazônia Ltda., que presta serviços de montagem de placas de circuito impresso e componentes.

A Elcoteq ainda vai buscar outras medidas de redução de custos, como a venda de máquinas e equipamentos, o fim de acordos de leasing, assim como o corte de serviços terceirizados.

(Reportagem de Brett Young)