Operadora T-Mobile amplia oferta do celular G1 pela Europa

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009 15:52 BRST
 

HAMBURGO, Alemanha (Reuters) - A T-Mobile, primeira operadora a vender o celular G1, equipado com a plataforma Android do Google, vai passar a distribuí-lo em outros países europeus nas próximas semanas depois de lançar o aparelho n Grã-Bretanha e Estados Unidos em outubro.

O G1, fabricado pela taiuanesa HTC, tem tela sensível ao toque, teclado similar ao do computador e conexões WiFi de alta velocidade, assim como serviços populares do Google, como busca, mapas e email. O aparelho é considerado o principal rival ao iPhone, da Apple.

"Vamos lançar o G1 em 30 de janeiro na Holanda, República Checa e Áustria", disse o presidente-executivo da T-Mobile, Hamid Akhavan, nesta segunda-feira.

O modelo também estará disponível na Alemanha em 2 de fevereiro e na Polônia no final do próximo mês, disse Akhavan.

A T-Mobile vende o G1 por 179 dólares com um contrato de fidelidade de dois anos nos Estados Unidos. Um executivo da subsidiária local da operadora informou que a estimativa de que 400 mil celulares foram vendidos no final de 2008 nos Estados Unidos "não é impossível".

Akhavan evitou fornecer números precisos, mas disse que o G1 é o celular de maior sucesso já vendido nos Estados Unidos.

"Vendemos centenas de milhares de aparelhos. As vendas claramente superaram nossas expectativas", afirmou o executivo.

Na Alemanha, o G1 será vendido por 1 euro (1,33 dólar) atrelado a um contrato de dois anos com a T-Mobile.

As operadoras de telefonia celular esperam gerar fluxos de receita contínua com tráfego de dados graças à ajuda dos smartphones, na medida em que os preços para as chamadas de voz estão recuando.

O Google lançou o sistema operacional Android para celulares em novembro de 2007, em um movimento que a empresa prometeu ser feito para ajudar a indústria de telefonia móvel a tornar o acesso à Internet tão fácil pelo celular como é nos computadores.

(Reportagem de Nicola Leske)