Intel vai fechar fábricas e cortar empregos na Ásia e nos EUA

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009 20:08 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A Intel Corp. disse nesta quarta-feira que poderá fechar unidades fabris na Ásia e reduzir a produção de operações nos Estados Unidos como parte de uma reestruturação que poderá afetar até 6.000 pessoas.

A Intel, maior fabricante mundial de chips para computador, informou que poderá fechar duas linhas de montagem em Penang, Malásia, e uma em Cavite, Filipinas. Ela também vai reduzir a produção de Hillsboro, em Oregon, e paralisar algumas operações em Santa Clara, na California.

As ações vão afetar entre 5.000 e 6.000 pessoas, mas nem todas as posições serão cortadas, disse a Intel em um comunicado. A fabricante de chips também informou que oferecerá para alguns desses funcionários postos em outras unidades.

A reestruturação vai acontecer de agora até o final de 2009.

(Reportagem de Tobert MacMillan)