Samsung registra primeiro prejuízo trimestral com chips e LCDs

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 10:06 BRST
 

Por Marie-France Han e Rhee So-eui

SEUL (Reuters) - A Samsung registrou seu primeiro prejuízo trimestral, à medida que suas unidades de chips de memória e telas foram pressionadas por preços em queda. A gigante da tecnologia enfrenta ainda mais dificuldades à medida que a recessão global prejudica a demanda.

Os lucros da maior fabricante mundial de chips de memória e telas de cristal líquido (LCD na sigla em inglês) têm sido abalados por um longo declínio no mercado de memória, e uma rápida queda nas margens de telas planas, paralelamente à desaceleração de vendas de todos os produtos eletrônicos de consumo.

"É um resultado chocante, sinal ruim para outras empresas de alta tecnologia por todo o mundo", disse Lee Jeong, analista da Hana Daetoo Securities.

Peter Yu, analista do BNP Paribas em Seul, prevê que o atual primeiro trimestre será ainda pior.

A Samsung registrou um prejuízo operacional entre outubro e dezembro de 937 bilhões de wons (682 milhões de dólares), mostrando o impacto de devastados preços de chips e LCD. Um ano antes, houve um lucro de 1,78 trilhão de wons. Analistas previam um prejuízo de 452 bilhões de wons.

A unidades de chip da Samsung, que há dois anos registrou uma margem de lucro operacional de 31 por cento, teve agora uma margem de prejuízo de 14 por cento, um déficit muito maior que o esperado.

A Samsung disse também que a situação de excesso de produção no mercado de memória continuará na primeira metade de 2009.

Os resultados foram dados um dia após a japonesa Sony ter alertado que vai registrar um prejuízo operacional anual recorde de 2,9 bilhões de dólares devido à demanda em queda e a um iene mais forte, e ter revelado novas medidas de reestruturações para reaquecer suas problemáticas operações eletrônicas.