Grupo científico da UE alerta sobre riscos dos aparelhos MP3

terça-feira, 27 de janeiro de 2009 19:21 BRST
 

BRUXELAS (Reuters) - Mais de 10 milhões de jovens europeus estão sob o risco de prejudicarem seus ouvidos ao escutar músicas de seus aparelhos MP3 com o volume muito alto, revelou o órgão da União Europeia para riscos à saúde, em conferência nesta terça-feira.

Escutar músicas em aparelhos de MP3 e outros tocadores em um volume muito alto por longos períodos pode causar perda de audição e zumbidos no ouvido, disse o Comitê Científico da União Europeia para Riscos à Saúde Emergentes e Identificados Recentemente.

O órgão concluiu que entre 5 e 10% dos usuários de MP3 estão sujeitos a perda permanente da audição se ouvirem a músicas em tocadores por mais de uma hora por dia, com o volume máximo por um período de cinco anos. Não há cura para a perda da audição ou zumbido, o comitê apontou em seu relatório.

"Sejamos realistas -- nós estamos vendo uma catástrofe ao menos que algo seja feito logo", disse Stephen Russell, do grupo pan-europeu de segurança ao consumidor ANEC.

O encontro, organizado pela Comissão Europeia em Bruxelas, debateu possíveis medidas para prevenção de tais problemas de saúde, desde avisos nas telas dos aparelhos e limites nos volumes máximos dos tocadores. A Comissão disse que examinaria possíveis ações contra o problema.

(Reportagem de Sarah Luhrs)