Governo dos EUA recupera MP3 vendido com arquivos militares

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009 13:32 BRST
 

WELLINGTON (Reuters) - Um neozelandês que comprou um tocador de MP3 de segunda mão e encontrou nele arquivos do Exército dos Estados Unidos, com dados pessoais de soldados que serviram no Afeganistão e Iraque, devolveu o aparelho a oficiais norte-americanos nesta quarta-feira, segundo a imprensa da Nova Zelândia.

Chris Ogle, de 29 anos, comprou um aparelho de MP3 por 10 dólares em uma loja de usados em Oklahoma, mas quando ligou o equipamento descobriu que ele continha 60 arquivos com informações militares, segundo um programa de televisão da Nova Zelândia.

Os arquivos continham nomes e dados pessoais de soldados norte-americanos, incluindo os que serviram no Afeganistão e no Iraque, assim como informações sobre equipamentos desenvolvidos para as bases e instruções das missões militares, segundo o programa.

Alguns arquivos contêm números de telefones celulares e de seguro social dos soldados.

Funcionários da embaixada dos EUA na Nova Zelândia falaram com Ogle na noite da terça-feira e trocaram seu aparelho MP3 por um novo nesta quarta, de acordo com a Associações de Imprensa da Nova Zelândia.

Ogle afirmou que os representantes do governo dos EUA questionaram em quais computadores os arquivos haviam sido abertos e se ele por acaso havia feito cópias ou fotografado alguns deles, mas não informaram qual seu grau de importância.

"Eles me perguntaram aonde eu tinha comprado o aparelho e quando", disse Ogle.

(Reportagem de Michael Perry)