Hitachi faz alerta de prejuízo de US$7,8 bilhões

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009 11:17 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - A Hitachi, maior fabricante de eletrônicos do Japão, alertou para um prejuízo anual recorde de 7,8 bilhões de dólares, atingido por queda nas vendas, iene mais forte e custos com reestruturação.

A Hitachi, terceira maior fabricante mundial de discos rígidos, informou que vai deixar negócios não lucrativos, fechar fábricas e tomar outros passos de reestruturação em uma tentativa de reduzir custos fixos em 200 bilhões de ienes até março de 2010.

"Desde novembro, as condições econômicas ao redor da nossa companhia continuaram se deteriorando a uma velocidade sem precedentes", informou o presidente-executivo da Hitachi, Kazuo Furukawa, a jornalistas.

A companhia espera ter prejuízo líquido de 700 bilhões de ienes (7,8 bilhões d edólares) para o ano que se encerra em 31 de março. A projeção anterior era de lucro de 15 bilhões de ienes.

A divisão de componentes automotivos da Hitachi tem sido impactada pela queda nas vendas de veículos no mundo todo. Enquanto isso, as operações com televisores sofrem com uma acentuada queda de preços gerada por ferrenha competição e demanda anêmica.

A Hitachi cortou sua previsão de lucro operacional em 90 por cento, para 40 bilhões de ienes, refletindo a crise que permeia a maior parte dos principais mercados da companhia, incluindo equipamentos de construção.

A companhia, que emprega cerca de 400 mil funcionários, informou que planeja cortar postos de trabalho como parte das medidas de reestruturação, mas não especificou o tamanho das reduções que vai promover.

(Por Kiyoshi Takenaka)