Netflix diz que 1 milhão de usuários do Xbox usam seu serviço

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009 13:03 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - O grupo de locação de filmes online Netflix Inc. anunciou nesta quinta-feira que um milhão de usuários do console de videogame Microsoft Xbox ativaram o serviço de stream de vídeos da Netflix nos três últimos meses, desde que as empresas formaram uma parceria.

A Netflix anunciou que a comunidade Xbox Live assistiu a 1,5 bilhão de minutos de filmes e episódios de TV por meio de seu serviço de vídeo Watch Instantly, mas não informou quantos assinantes ela conquistou efetivamente com a nova parceria.

Os analistas estão acompanhando os dados sobre a aliança como uma indicação importante sobre o incipiente mercado de distribuição de filmes via Internet, especialmente depois que empresas de mídia tradicional como a Disney reportaram, esta semana, queda nas vendas dos DVDs, e anunciaram que o modelo de distribuição de vídeos para locação residencial precisa ser revisto.

A Netflix informou no mês passado que seus resultados trimestrais superiores aos esperados estavam sendo propelidos pelo crescimento de seu serviço de streams de vídeo e que esse serviço estava "energizando" seu crescimento.

A Netflix já oferece o serviço Watch Instantly há dois anos, mas ele originalmente só estava disponível para computadores. Recentemente, a empresa expandiu a oferta de vídeos pela Internet a diversos tipos de aparelho, entre os quais os decodificadores Roku, o Xbox e produtos eletrônicos da LG.

O aplicativo da Netflix oferece aos assinantes do Xbox Live Gold, que pagam 50 dólares anuais à Microsoft por acesso a diferentes aplicativos, a capacidade de assistir instantaneamente aos conteúdo da Netflix em seus televisores, por meio do sistema Xbox 360, desde que eles sejam também membros do serviço Netflix, cuja assinatura é de cerca de nove dólares mensais.

A Netflix, mais conhecida por serviços de locação de DVDs entregues pelo correio, é a única empresa a oferecer um serviço de stream de vídeo por assinatura, enquanto rivais como a Amazon, a Apple e a Blockbuster competem com serviços de locação online "a la carte", com pagamento por filme assistido.

(Reportagem de Sue Zeidler)