Executivos da RIM pagam milhões em acordo sobre opções de ações

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009 19:28 BRST
 

Por Wojtek Dabrowski

TORONTO (Reuters) - O co-presidente executivo da Research in Motion (RIM) Jim Balsillie vai deixar o assento que ocupa no conselho da companhia que fabrica o Blackberry e, junto a outros executivos da empresa, pagará dezenas de milhões de dólares à empresa como parte de um acordo em um processo sobre os programas de opções de ações que data de 1996.

Através do pacto selado na Ontario Securities Commission (OSC) e aprovado nesta quinta-feira, Balsillie vai pagar uma multa de 5 milhões de dólares canadenses (4,1 milhões de dólares), enquanto o co-presidente executivo Mike Lazaridis terá de pagar 1,5 milhão de dólares canadenses. Os dois diretores também devem pagar as custas do processo ao órgão regulador local.

O acordo acertado também prevê que os dois presidentes e o ex-diretor financeiro da companhia, Dennis Kavelman, reembolsem 38,3 milhões de dólares canadenses à companhia, além de 30 milhões de dólares canadenses para cobrir os custos de um processo interno sobre o assunto.

O regulador alega que os executivos anteciparam e remarcaram preços das opções de ações usando datas em que os papéis da RIM estavam em baixa. A operação, de acordo com a OSC, pode ter lesado a companhia em algo como 66 milhões de dólares canadenses.

"Nós levamos isso muito a sério, a confiança do mercado de capitais, e nós cometemos erros", admitiu Balsillie a jornalistas depois da audiência.