Sharp tem perdas no 3o tri e prevê 1o prejuízo anual

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009 09:15 BRST
 

Por Kiyoshi Takenaka e Nathan Layne

TÓQUIO (Reuters) - A fabricante japonesa de eletrônicos Sharp registrou prejuízo trimestral, abatida por fortes quedas de preços de televisores de tela fina e um iene mais forte. A companhia também alertou nesta sexta-feira que registrará o primeiro prejuízo operacional anual de sua história.

A Sharp reduziu previsão de dividendo anual em um quarto, planeja cortar 1,5 mil trabalhadores não-regulares e reduzir custos em 200 bilhões de ienes (2,2 bilhões de dólares).

A fabricante se tornou a mais recente empresa de tecnologia a ser vítima de uma crescente recessão global, após Sony, Panasonic e Hitachi terem feito alertas de prejuízos.

A empresa, que é terceira maior fabricante de televisores com tela de cristal líquido do mundo, também compete com as sul-coreanas Samsung e LG, que estão se beneficiando de um won mais fraco.

A empresa cortou previsão e informou que deverá sofrer um prejuízo operacional de 30 bilhões de ienes no ano que termina em 31 de março, ante previsão anterior de lucro de 130 bilhões de ienes e estimativa média do mercado de lucro de 45,4 bilhões de ienes. A empresa registrou lucro de 183,69 bilhões de ienes no ano anterior.

"O impacto real do mercado fraco e da moeda forte foi sentido nos últimos quatro meses. Portanto, por causa disso, as diretrizes da Sharp passaram de mais 130 para menos 30, uma variação de 160 bilhões de ienes", disse um analista do setor de eletrônicos que pediu para não ser identificado.

"Esses prejuízos são pequenos se comparados ao que poderá sofrer no próximo ano."