Net descarta crise e mantém plano de investimentos

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009 14:29 BRST
 

Por Taís Fuoco

SÃO PAULO (Reuters) - A Net Serviços, maior operadora de TV paga do país, viu seu resultado trocar de sinal no quarto trimestre, ao registrar um prejuízo líquido de 91 milhões de reais ante ganho um ano antes de 96 milhões de reais.

Nem por isso, entretanto, a companhia reviu planos de investimentos ou a disposição de continuar a crescer, já que não percebeu recuo nas vendas até o momento e acredita que produtos como telefone e banda larga --que agora fazem parte de sua oferta-- continuem sendo consumidos.

"Essa é a primeira crise dentro de uma nova realidade da Net como empresa multisserviços. A gente respeita muito a crise, estamos tomando todos os cuidados possíveis, mas sem nos acovardarmos", disse José Félix, presidente da Net, em teleconferência com a imprensa.

O balanço foi impactado por despesa com variação cambial relacionada à dívida em dólar da empresa, que cresceu cerca de três vezes em relação aos últimos três meses de 2007.

Em 2008 como um todo, a empresa teve um prejuízo líquido de 95 milhões de reais, ante lucro de 208 milhões de reais em 2007.

A dívida líquida da operadora saltou para 1,02 bilhão de reais no quarto trimestre de 2008 ante 555 milhões de reais um ano antes. Para João Elek, diretor financeiro da companhia, no entanto, "a atual dívida ainda é muito confortável" e o efeito do dólar sentido no último trimestre não pressiona a empresa.

A geração de caixa medida pelo lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) cresceu para 278 milhões de reais no último trimestre do ano passado, ante 216 milhões de reais nos três últimos meses de 2007. A margem no período se manteve em 27 por cento.

A operadora encerrou o quarto trimestre com receita líquida de 1,022 bilhão de reais, crescimento de 28 por cento sobre o verificado no mesmo período de 2007, puxado por um salto de 56 por cento nas unidades geradoras de receitas da empresa. Essas unidades representam o faturamento da empresa com os diferentes serviços que oferece além de TV por assinatura, como acesso rápido à Internet e telefonia.   Continuação...