Asustek desiste de metas para 2009 por incertezas da economia

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009 10:26 BRT
 

Por Kelvin Soh

TAIPÉ (Reuters) - A taiuanesa Asustek Computer anunciou nesta quarta-feira que abandonou metas anuais que havia divulgado há apenas dois meses, e informou que lançará um programa de recompra de ações.

"Sob a atual circunstância, nós agora não podemos ver além do primeiro trimestre e não usaremos aqueles números mais", disse à Reuters David Chang, diretor financeiro da companhia. Ele não forneceu uma nova projeção.

As ações da companhia acumulam queda de mais de 63 por cento desde o começo de 2008, mas fecharam em alta de 1,4 por cento nesta quarta-feira.

Em dezembro, a Asustek disse que pretendia vender 6,5 milhões de laptops, 7,2 milhões de netbooks e 22 milhões de placas-mãe.

Na semana passada, a companhia forneceu estimativas de venda relativamente modestas para o primeiro trimestre, afirmando que tinha como meta vender aproximadamente 800 mil laptops, 1 milhão de netbooks e entre 4,5 e 5 milhões de placas-mãe.

Asustek foi precursora em 2007 da categoria de notebooks de baixo custo, conhecida como netbooks, mas está gradualmente perdendo espaço, conforme companhias maiores como Acer, Hewlett-Packard e Dell adentram o mercado.

Analistas se mostram pessimistas sobre a companhia, sendo que a maioria consultada pela Reuters recomendando venda das ações ou dando nota de "underweight", abaixo da média do mercado.

Entretanto, o Goldman Sachs recentemente removeu a Asustek da lista de "sell", dizendo que a companhia já passou pelo pior.

"Nós esperamos que o preço das ações da Asustek se recupere no curto prazo", afirmaram os analistas Henry King e Kevin Lu, da Goldman Sachs, em uma nota divulgada na segunda-feira.

 
<p>A taiuanesa Asustek Computer anunciou nesta quarta-feira que abandonou metas anuais que havia divulgado h&aacute; apenas dois meses.</p>