Em concordata, Nortel vende ativos à Radware

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009 14:34 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A Nortel Networks, gigante canadense dos equipamentos de telecomunicações que pediu proteção judicial contra falência no mês passado, fechou acordo para vender parte de sua carteira de entrega de aplicativos à Radware.

A operação, entretanto, depende do resultados de um leilão supervisionado pela Justiça.

A maior fabricante de equipamentos de telecomunicações da América do Norte anunciou que havia encaminhado o acordo ao tribunal de falências federal dos Estados Unidos.

A Nortel informou que pediu ao tribunal que estabeleça o procedimento para o leilão a fim de permitir que outros interessados apresentem ofertas mais altas ou melhores, como requerem as leis norte-americanos de concordata.

A companhia divulgou que apresentou petição semelhante ao tribunal superior de Justiça de Ontário, no Canadá. Qualquer venda precisa da aprovação de ambos os tribunais.

O acordo de aquisição determina que a Radware assuma a propriedade, a responsabilidade pelo desenvolvimento de produtos e a responsabilidade pelas garantias vigentes, mas a Nortel anunciou que continuará a promover os produtos.

A Nortel adquiriu a linha de switches de aplicativos em outubro de 2000, quando tomou o controle da Alteon WebSystems, informou a Radware em anúncio separado.

No passado uma estrela das bolsas, na era da bolha da Internet dos anos de 1990, a Nortel pediu proteção judicial contra falência nos EUA em 14 de janeiro, depois de uma deterioração de liquidez causada pela forte desaceleração em muitos de seus principais mercados, entre os quais o norte-americano, bem como pela concorrência de rivais de custos mais baixos.

Os analistas já esperavam que a Nortel abrisse mão de alguns ativos, provavelmente a baixo preço devido à recessão e à compressão do crédito.