Microsoft processa TomTom por violação de patente

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009 13:04 BRT
 

Por Aaron Gray-Block

AMSTERDÃ (Reuters) - A companhia de sistemas de navegação por satélite TomTom informou nesta quinta-feira que está sendo processada pela Microsoft por violação de patentes nos Estados Unidos. A TomTom rejeita a acusação.

"Negamos a alegação e vamos nos defender vigorosamente", afirmou o porta-voz da TomTom, Taco Titulaer, acrescentando que a Microsoft enviou uma carta para o escritório da empresa nos EUA informando sobre o processo.

A Microsoft informou que decidiu abrir o processo depois que as empresas não alcançaram acordo de licenciamento após mais de um ano de negociações.

"Uma vez que um acordo não foi alcançado, não temos outra opção que buscar a ação legal para proteger nossas inovações e nossos parceiros que as licenciam", afirma Horacio Gutierrez, da área de licenciamento e propriedade intelectual da Microsoft.

O analista Martijn den Drijver, da SNS Securities, informou que uma vez que a Garmin, rival da TomTom, licenciou tecnologia da Microsoft, é provável que a empresa faça um acordo e pague uma taxa de licenciamento.

"Uma prolongada batalha jurídica neste momento, com um resultado incerto, não faz sentido", afirmou.

A Microsoft afirma que as patentes envolvidas no caso não relacionadas a inovações na tecnologia de navegação de automóveis e outras funcionalidades de computadores que a gigante do software licencia para outras empresas.