Presidente do Yahoo reorganiza a companhia

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009 10:00 BRT
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - Carol Bartz, a presidente-executiva do Yahoo, revelou na quinta-feira um amplo plano de reorganização da empresa cujo objetivo é desmantelar o que ela define como "silos" que vêm desacelerando a companhia de Internet.

O plano foi anunciado no momento em que o vice-presidente de finanças Blake Jorgensen se tornou o mais recente executivo a deixar o Yahoo, que vem enfrentando dificuldades para convencer Wall Street de que tem uma estratégia de crescimento, depois de rejeitar uma oferta de aquisição da Microsoft no ano passado.

Sob o plano de simplificação da estrutura de gestão do Yahoo, os diversos grupos de tecnologia e produtos se combinarão em uma entidade presidida pelo vice-presidente de tecnologia Ari Balogh, de acordo com email enviado por Bartz aos funcionários.

O Yahoo também dividirá o mundo em apenas duas regiões, em lugar das atuais quatro: América do Norte, comandada por Hilary Schneider, que dirigia as operações da empresa nos Estados Unidos, e internacional, cujo líder ainda não foi apontado.

"Hoje, estou apresentando uma nova estrutura de gestão que, acredito, venha a tornar o Yahoo muito mais rápido", escreveu Bartz, que assumiu como presidente-executiva seis meses atrás.

"Poderemos tomar decisões mais rápidas, os notórios silos terão desaparecido e nosso foco no cliente estará renovado."

As mudanças se seguem a semanas de reuniões entre Bartz e diversos diretores de divisão, para que ela se familiarizasse com os diversos negócios da empresa.

Ao contrário da chamada estrutura em matriz que o Yahoo vinha utilizando em sua gestão, criticada por não instaurar linhas claras de subordinação, a nova organização centraliza o controle e o poder em Bartz.

"Parece uma organização de negócios mais clássica", disse Alan Weiner, analista do Gartner, acrescentando que uma abordagem centralizada ajuda as inovações a chegar ao mercado mais rápido.

Weiner lembrou que Bartz, a qual substituiu o co-fundador da empresa Jerry Yang em janeiro, é a primeira presidente-executiva do Yahoo a contar com formação de gestão, o que segundo ele a habilita a melhor implementar uma estrutura como a proposta.

 
<p>Carol Bartz, a presidente-executiva do Yahoo, revelou na quinta-feira um amplo plano de reorganiza&ccedil;&atilde;o da empresa cujo objetivo &eacute; desmantelar o que ela define como "silos" que v&ecirc;m desacelerando a companhia de Internet.</p>