Europa lança operação de caça a sites de pedofilia

terça-feira, 3 de março de 2009 16:14 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Uma grande aliança europeia entre empresas e a polícia começou a compartilhar informações financeiras privadas nesta terça-feira, em uma iniciativa para identificar criminosos que lucram com a distribuição de pornografia infantil na Internet.

Empresas de cartão de crédito, companhias de Internet, forças policiais, ONGs e a Comissão Europeia divulgaram oficialmente uma iniciativa em Londres para acabar com o comércio desse material.

Marcando o lançamento da iniciativa pan-europeia, o vice-presidente da comissão, Jacques Barrot, e a ministra britânica do Interior, Jacqui Smith, disseram que o plano vai procurar romper as redes organizadas.

"O governo está determinado em combater o abuso sexual infantil em todas as suas formas e punir aqueles que ganham com a distribuição dessas imagens repugnantes é uma prioridade", disse Smith.

Ela disse que a nova coalizão vai reunir mais grupos para rastrear, impedir, penalizar e confiscar os bens daqueles que lucram com crimes de pedofilia.

"A comissão financeira europeia (EFC, na sigla em inglês) vai ajudar a identificar e proteger vítimas desse crime horrendo através do rastreamento do dinheiro, que leva a polícia ao criminoso", afirmou Barrot, pedindo apoio ao plano a mais países da União Europeia.

A iniciativa vai envolver sistemas de pagamento online e entre as empresas participantes da ação de combate estão MasterCard, Microsoft, PayPal e Visa Europe.