March 19, 2009 / 4:01 PM / 8 years ago

Google lança o polêmico Street View em 25 cidades britânicas

3 Min, DE LEITURA

Por Paul Sandle

LONDRES (Reuters) - O Google lançou seu controvertido serviço de mapas com fotos de ruas em 25 cidades do Reino Unido, usando uma nova tecnologia para combater o medo das pessoas de terem suas imagens capturadas pelo líder de buscas na Internet.

O serviço, chamado "Street View", permite que os usuários obtenham panoramas em 360 graus de uma rua, incluindo edifícios, o tráfego e os transeuntes, utilizando imagens obtidas por veículos do Google equipados com câmeras.

O Google disse que cuidaria das preocupações quanto à privacidade por meio de um software que tornaria indistintas as imagens de pedestres e as placas dos carros.

"A privacidade é realmente importante para nós. Acreditamos ter descoberto uma maneira efetiva de enfrentar essa questão", disse Ed Parsons, tecnólogo geoespacial do Google, em entrevista coletiva nesta quinta-feira.

"Estamos fazendo nosso melhor para tentar remover a imagem de qualquer coisa que possa servir para identificar uma pessoa ou veículo específico", disse.

Os recursos de defesa de privacidade foram desenvolvidos em cooperação com o comissário britânico de proteção à privacidade, e Parsons diz que o sistema que oculta rostos funcionava em 99,9 por cento dos casos. Outra tecnologia poderia ser usada para completar o serviço caso necessário, ele afirmou.

Os usuários também podem se queixar de imagens ao Google caso estas representem invasão de privacidade ou conteúdo indevido, e o Google afirmou que a imagem seria removida ou obscurecida "em quase todos os casos".

O panorama de rua em 360 graus oferece ao usuário a experiência de caminhar pela rua em questão e contemplar tudo que o cerca, observando o panorama urbano na direção que preferir.

Desde sua introdução, em 2007 em San Francisco, o Google passou a oferecer o recurso Street View como parte do serviço Google Maps em 100 cidades de nove países.

O lançamento do recurso foi adiado no Reino Unido em parte como resposta aos protestos instantâneos que sua introdução gerou nos Estados Unidos e em parte devido às condições meteorológicas desfavoráveis no país.

Imagens de pessoas tomando banho de sol, invadindo propriedades ou entrando em lojas de livros para adultos foram vistas quando o serviço foi lançado.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below