TomTom processa a Microsoft por violação de três patentes

sexta-feira, 20 de março de 2009 12:18 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A fabricante holandesa de aparelhos de navegação por satélite TomTom abriu um processo judicial contra a Microsoft, acusando-a de violar três de suas patentes.

O processo, aberto na segunda-feira nos Estados Unidos, acontece semanas depois da Microsoft ter registrado queixa contra a TomTom por violar suas patentes relacionadas a inovações na tecnologia GPS de carros e outras funcionalidades de computação.

As duas companhias não conseguiram traçar um acordo de licenciamento de patentes depois de mais de um ano de negociações.

O processo da TomTom diz que o produto da Microsoft Streets and Trips viola três patentes.

"Eu posso confirmar que nós estamos processando", disse o porta-voz da companhia baseada em Amsterdã, que se recusou a fornecer mais detalhes.

A Microsoft não estava imediatamente disponível para comentar o assunto. A queixa da empresa norte-americana contra a TomTom foi registrada no tribunal e na Comissão de Comércio Internacional.

Analistas disseram que a disputa pode ameaçar a TomTom por algum tempo, ainda que alguns esperem que ambas as companhias eventualmente cheguem a um acordo.

"Embora pareça que a disputa judicial esteja esquentando, é provável que o resultado final tenha nenhum ou pouco impacto nos negócios da TomTom", explicou Martijn den Drijver, analista da SNS, em uma nota.

"Nossa opinião é que o resultado mais provável é que ambas as companhias, no final, concordarão em usar uma a patente da outra em troca da retirada dos processos".

(Por Tiffany Wu e Julien Ponthus)

 
<p>Modelo exibe aparelho de navega&ccedil;&atilde;o da TomTom. A fabricante holandesa de aparelhos de navega&ccedil;&atilde;o por sat&eacute;lite abriu um processo judicial contra a Microsoft, acusando-a de violar tr&ecirc;s de suas patentes.</p>