Twitter quer levantar receita com oferta de contas pagas

quinta-feira, 26 de março de 2009 11:49 BRT
 

Por Alexei Oreskovic

SAN FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - O serviço de microblog Twitter está dando um aguardado primeiro passo para transformar sua popularidade em receita por meio da oferta de uma gama maior de serviços a quem pode pagar.

A companhia está se preparando para oferecer contas comerciais, nas quais empresas e outros usuários poderão pagar uma taxa para receber uma versão ampliada do Twitter, um serviço atualmente gratuito que permite o envio de mensagens de até 140 caracteres a uma rede de amigos.

"Nós achamos que haverá oportunidades de fornecer serviços para entidades comerciais. Se esses serviços forem valiosos para as companhias, acreditamos que elas vão querer pagar por eles", disse Biz Stone, co-fundador do Twitter, em um email enviado à Reuters.

O Twitter aumentou sua popularidade desde que foi criado há três anos mas a empresa ainda não conseguiu obter nenhuma receita.

Segundo a Nielsen Online, que mede audiência na Internet, o portal do Twitter teve mais de 7 milhões de visitantes diferentes em fevereiro, contra 475 mil no mesmo período do ano anterior.

No ano passado, a companhia recusou uma oferta de aquisição de 500 milhões de dólares feita pela rede social Facebook. E alguns observadores especularam que o Google também pode estar de olho no Twitter, devido às chamadas capacidades de busca em tempo real do serviço.

"Nós temos muito tempo para experimentações relacionadas à geração de receita, então nós provavelmente tentaremos algumas coisas diferentes neste ano", afirmou Stone.