Microsoft e TomTom entram em acordo sobre briga de patentes

segunda-feira, 30 de março de 2009 17:29 BRT
 

SEATTLE (Reuters) - A Microsoft e a fabricante de aparelhos de navegação por satélite TomTom disseram nesta segunda-feira que chegaram a um acordo após mais de um ano de disputa com relação a patentes de softwares.

Nas últimas semanas, ambas as companhias haviam processado uma à outra, argumentando violação de patentes.

Sob os termos do acordo de 5 anos, a Microsoft afirmou que a TomTom pagará à empresa de Bill Gates pelo uso de oito navegadores de carro e patentes de sistema de gerenciamento de arquivos, enquanto a Microsoft for poderá usar as quatro patentes incluídas no processo da TomTom sem qualquer pagamento.

A TomTom confirmou que houve um acordo, mas preferiu não tecer mais comentários.

Os termos financeiros específicos do acordo também não foram relevados.

A maior fabricante de softwares do mundo entrou com ação em fevereiro na Corte Federal no Estado de Washington e requereu que a Comissão de Comércio Internacional dos Estados Unidos repreendesse a TomTom --que produz aparelhos de navegação portátil para carros e programas de mapeamento para computadores de mão-- por alegada quebra de oito de suas patentes.

A Microsoft disse que as patentes envolvidas no caso diziam respeito a inovações em tecnologia de navegação para carros e outras funcionalidades para computadores que a empresa licenciou para outras companhias, como a rival da TomTom Garmin.

A TomTom, em resposta, ingressou com processo na Corte Distrital da Virginia no começo deste mês, afirmando que a Microsoft violou uma série de suas patentes.

(Reportagem de Bill Rigby)