Google abre fundo de US$100 mi para investimento em start-ups

terça-feira, 31 de março de 2009 10:52 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O Google está formando um fundo de 100 milhões de dólares para investimento em companhias iniciantes.

O fundo, que será chamado de Google Ventures, será totalmente controlado pela empresa, mas vai operar como uma entidade separada e vai buscar oportunidades de investimento para maximizar retornos em vez de buscar por investimentos que se encaixam estritamente com a visão estratégica da companhia.

Rich Miner, co-fundador da empresa de software para celulares Android que o Google comprou em 2005, e Bill Maris são os dois administradores do fundo.

Miner disse na segunda-feira que a Google Ventures vai buscar uma ampla variedade de empresas para investir, incluindo produtos de consumo de Internet, tecnologia da informação, assistência médica e biotecnologia, entre outras áreas.

A Google Ventures já investiu na Pixazza, um serviço online de marketing baseado em fotos e na Silver Spring Networks, companhia que usa tecnologia para melhorar a eficiência de redes de distribuição de energia elétrica.

A companhia investiu em outras companhias no passado por meio de sua divisão filantrópica Google.org.

Várias grandes empresas de tecnologia têm operações de investimento de risco, incluindo Intel e Motorola. A Google Ventures terá capacidade de fazer investimentos de dezenas de milhares a "várias dezenas de milhões" de dólares, disse Maris.