Três executivos da Satyam são detidos na investigação de fraude

segunda-feira, 6 de abril de 2009 14:14 BRT
 

BANGALORE (Reuters) - O serviço federal de investigações criminais da Índia deteve três executivos da Satyam Computer Services por suposto envolvimento em fraudes contábeis na empresa de terceirização de serviços.

O Serviço Central de Investigações (CBI) informou em comunicado nesta segunda-feira que havia detido um vice-presidente, um gerente sênior e um subgerente no departamento financeiro da empresa no domingo, mas não informou os nomes dos indivíduos em questão.

"Eles foram detidos por seu papel ativo na execução de crimes e envolvimento nos delitos praticados pelos acusados já detidos nesse caso", afirmou o CBI.

"Diversos documentos incriminatórios foram recuperados junto aos acusados, estabelecendo sua cumplicidade nos crimes. As investigações continuam", acrescenta o comunicado.

Uma porta-voz da Satyam disse que não tinha comentários sobre as detenções, de imediato.

O fundador e antigo presidente do conselho da Satyam, Ramalinga Raju; seu irmão, Rama Raju, que era diretor executivo; e o ex-vice presidente financeiro Vadlamani Srinivas foram detidos em janeiro depois que o fundador, Raju, renunciou, informando que os lucros da empresa haviam sido forjados e seus ativos falsificados durante anos.

(Reportagem de Sumeet Chatterjee)