Remuneração da presidente da Xerox cai 19% em 2008

segunda-feira, 6 de abril de 2009 14:24 BRT
 

BANGALORE (Reuters) - O salário de 2008 de Anne Mulcahy, presidente-executiva da Xerox, caiu a 10,9 milhões de dólares, um recuo de 19 por cento ante os 13,5 milhões de dólares no ano anterior, devido a um plano de remuneração não acionário mais baixo e a um corte no número de opções de ações concedidas.

A principal fornecedora mundial de impressoras digitais e de serviços de gestão de documentos anunciou que a remuneração de Mulcahy em 2008 consistiu de um salário-base de 1,3 milhão de dólares, 6,4 milhões de dólares em opções de ações e 990 mil dólares em remuneração não acionária.

Além disso, sua remuneração em 2008 incluía 1,7 milhão de dólares em contribuições ao fundo de pensão e outras formas não categorizadas de remuneração, bem como 470.764 dólares em outros benefícios, como o uso do jatinho executivo da empresa, avaliado em 158.382 dólares.

Segundo a companhia, os salários base tanto do diretor financeiro Lawrence Zimmerman, como da diretora geral Ursula Burns, do vice-presidente Jean-Noel Machon e do vice-presidente executivo James Firestone se mantiveram inalterados em 2008.

(Reportagem de Shivani Singh em Bangalore)