Plano da Yahoo é criar comunidades de sites isolados

terça-feira, 7 de abril de 2009 18:40 BRT
 

Por Alexei Oreskovic

SAN FRANCISCO (Reuters) - Como cerca de outras 200 milhões de pessoas em todo o mundo, o co-fundador da Yahoo Inc, David Filo, tem uma conta no Facebook.

Mas se Filo e a nova presidente, Carol Bartz, seguirem com seus projetos, as ferramentas de interação social disponíveis no Facebook farão parte de muitas páginas da Yahoo e permitirão que usuários se interajam sem precisar usar o Facebook.

A empresa espera que a estratégia conecte seus diferentes produtos, trazendo mais receita publicitária e crescimento.

A Yahoo está aumentando o volume de ferramentas de comunicação e interação e construindo ligações entre inúmeros sites da Yahoo que antes operavam isoladamente.

"Você começará a introduzir usuários da Yahoo a outras partes da Yahoo", disse Filo.

Ainda é dúvida se os usuários irão dar as boas vindas à visão da Yahoo de comunidades na Internet com o mesmo entusiasmo que têm com o Facebook e com o MySpace, da News Corp's. Mas se as ferramentas da rede social da Yahoo pegarem, os anunciantes irão descobrir.

"As pessoas estão gastando tempo no Twitter e no Facebook, mas anunciantes não querem estar lá agora. Esta é a questão central", disse o analista da JMP Securities, Sameet Sinha. "Os anunciantes da Yahoo, entretanto, já estão lá".