Yahoo quer criar comunidades em sites isolados

quarta-feira, 8 de abril de 2009 15:37 BRT
 

SAN FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - Como cerca de 200 milhões de outras pessoas em todo o mundo, David Filo, co-fundador do Yahoo, tem uma conta no Facebook.

Mas se ele e a nova presidente-executiva do Yahoo, Carol Bartz, conseguirem o que querem, os recursos de rede social oferecidos pelo Facebook se tornarão parte de muitos dos sites do Yahoo e permitirão que os usuários desses sites se conectem uns com os outros sem terem de usar o Facebook.

A empresa espera que essa estratégia ajude a formar elos entre suas propriedades dispersas, gerando mais verbas publicitárias e mais crescimento.

O Yahoo está dando mais destaque a muitos de seus recursos de comunicação e comunitários, e construindo pontes entre os diversos sites que opera e ocasionalmente existiam como ilhas virtuais.

"Vamos começar a apresentar as outras porções do Yahoo aos usuários do Yahoo", disse Filo.

Determinar se os usuários adotarão a visão do Yahoo quanto às redes sociais com intensidade semelhante ao que demonstram no uso de gigantes do setor como o Facebook ou o MySpace, é algo que resta a ser feito. Mas caso os recursos de rede social oferecidos pelo Yahoo comecem a atrair o interesse dos usuários, os anunciantes certamente estarão atentos.

"As pessoas dedicam tempo ao Facebook e ao Twitter, mas os anunciantes não querem estar lá, por enquanto", diz Sameet Sinha, analista da JMP Securities. "Essa é a grande questão. Mas no caso do Yahoo, os anunciantes já estão lá."

Embora o Yahoo controle dezenas de propriedades online, que variam de ligas de fantasia esportivas a sites de fofocas sobre celebridades e notícias financeiras, mais de metade de seus usuários utiliza apenas alguns poucos dos sites que a companhia oferece.

Um conjunto comum de recursos sociais, entre os quais perfis de usuário, lista de amigos e atualizações regulares nos perfis dos amigos, ajudará a criar elos mais firmes entre os integrantes da família de sites do Yahoo.   Continuação...