Celulares inteligentes e baratos brilham em mercado deprimido

quarta-feira, 15 de abril de 2009 14:53 BRT
 

Por Tarmo Virki

HELSINQUE (Reuters) - Fabricantes de celulares devem registrar vendas intensas de smartphones de baixo custo e cheios de recursos, conforme consumidores optam pelo "chique e barato" em meio à recessão global.

A Research in Motion, segunda maior fabricante de smartphones depois da Nokia, surpreendeu investidores em 2 de abril com forte lucro motivado pela venda de modelos mais baratos de BlackBerrys a consumidores finais. A empresa ainda fez previsões otimistas para o ano.

Já a Nokia deve divulgar em 16 de abril queda acentuada no lucro de janeiro a março durante a divulgação de resultado trimestrais. No caso da empresa, fortes vendas do smartphone 5800, que possui tela sensível a toque e preço acessível serão um dos poucos pontos positivos do balanço.

"O 5800 claramente tem sido um grande sucesso e pode bem ser o principal condutor dos lucros da Nokia na primeira metade de 2009", disse Stuart Jeffrey, analista do Nomura, em uma nota.

O foco no mercado de celulares neste ano está se voltando crescentemente para os smartphones, à medida que as operadoras oferecem subsídios para encorajar os consumidores a comprarem dispositivos com muitos recursos, capazes de gerar mais receita para elas.

As vendas de smartphones como o Blackberry devem crescer de 10 a 20 por cento, contra declínio de 10 por cento ou mais no mercado em geral.

"A fatia de mercado dos smartphones está tomando a de celulares comuns em um ritmo alarmante", afirmou Sean Dalton, da Highland Capital Partners.

A Sony Ericsson, quarta maior fabricante mundial, é a mais exposta à demanda por celulares mais tradicionais focados em recursos como câmeras ou tocadores de música.   Continuação...

 
<p>Celular inteligente Nokia 5800 Xpressmusic. Fabricantes de celulares devem registrar vendas intensas de smartphones de baixo custo e cheios de recursos, conforme consumidores optam pelo "chique e barato" durante a recess&atilde;o global.</p>