Panasonic e NEC lançam nove celulares Linux

quinta-feira, 16 de abril de 2009 11:38 BRT
 

BARCELONA (Reuters) - A NEC e a Panasonic divulgarão na segunda-feira nove novos modelos de celulares que operam com o sistema operacional de código aberto LiMo, informou a fundação LiMo, que controla o software Linux para uso sem fio, no Mobile World Congress, evento setorial que acontece em Barcelona.

O foco do mercado de celulares vem se dirigindo ao desenvolvimento de softwares desde que o Google e a Apple ingressaram no setor, nos dois últimos anos, e os fornecedores de aparelhos e operadoras de telefonia móvel cada vez mais recorrem a alternativas de fonte aberta, como o LiMo, a fim de reduzir custos.

O mercado de plataformas de software para celulares é liderado pelo sistema operacional Symbian, da Nokia, mas perdeu muito terreno ao longo dos últimos 12 meses para a Apple e a Research in Motion, fabricante do BlackBerry.

O sistema operacional para computadores Linux não obteve grande sucesso no mercado de celulares até o momento, mas seu papel está se desenvolvendo com a plataforma LiMo, e o Google também usa o Linux em sua plataforma Android.

O Linux é o mais popular entre os softwares livres ou de fonte aberta, no setor de sistemas operacionais de computadores. Esses softwares podem ser usados, revisados e compartilhados livremente pelo público.

Os fornecedores de sistemas Linux faturam com a venda de melhorias e serviços técnicos, e o Linux concorre diretamente com a Microsoft, que cobra pelo uso de seu software Windows e se opõem ao uso livre de seu código.

A LiMo anunciou que cinco empresas -- Aromasoft, CasioHitachi Mobile Communications, Marvell, Opera Software e Swisscom -- haviam aderido à fundação sem fins lucrativos, o que eleva seus quadros a 55 membros.

O Android, do Google, conta por enquanto com a adesão de 47 parceiros.

No entanto, a LiMo até o momento não conta com o apoio dos maiores produtores de celulares --até o momento, apenas NEC, Panasonic e Motorola lançaram aparelhos usando seu software.

A segunda e a terceira maiores fabricantes de celulares, Samsung Electronics e LG Electronics, são membros da fundação LiMo, mas até agora não lançaram modelos comerciais.