Japonesas NEC Electronics e Renesas negociam fusão

segunda-feira, 27 de abril de 2009 18:09 BRT
 

Por Sachi Izumi

TÓQUIO (Reuters) - As japonesas NEC Electronics e Renesas Technology afirmaram estarem negociando uma fusão para o próximo ano para criar a terceira maior fabricante de chips do mundo, depois da Intel e da Samsung Electronics.

Fabricantes de semicondutores, afetadas por um longo período de desaquecimento devido ao excesso de oferta, queda de preços e pouca demanda de chips, vêm se unindo para sobreviver.

Analistas dizem que a ação, amplamente esperada, da NEC Electronics e da Renesas Technology, pode ser seguida por uma aliança entre a Toshiba e a Fujitsu, uma vez que as empresas já teriam discutido a possibilidade de unir operações com a NEC Electronics no mercado dos chips, segundo noticiado anteriormente.

O analista da Deutsche Securities, Takeo Miyamoto, disse que fechar um acordo de fusão seria a decisão mais fácil para a NEC Electronics e a Renesas, mas que elas teriam decisões bem mais difíceis dali em diante.

"As empresas têm muitos negócios sobrepostos, e seria impossível manter todas suas operações," explica. "Nós estaremos observando de perto quem tomará que tipo de decisão e quem a colocará em prática."

A NEC Electronics, da qual a NEC Corp. controla 65 por cento, e a Renesas, que é uma joint venture entre a Hitachi e a Mitsubishi Electric, dizem que planejam a fusão para abril de 2010. O objetivo é impulsionar a competitividade global das empresas em microcontroladores, sistemas e chips.

A nova empresa deve gerar, no futuro, 60 por cento de suas vendas em mercados internacionais, em comparação os atuais 44 por cento.

O presidente da NEC Electronics, Toshio Nakajima, afirmou que as empresas juntas estão cortando 200 bilhões de ienes em custos, e que espera que a nova companhia não precise atuar no vermelho.   Continuação...