América Móvil eleva lucro e obtém linha de crédito

terça-feira, 28 de abril de 2009 20:02 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A mexicana América Móvil, maior operadora de telefonia móvel da América Latina e controladora da brasileira Claro, novamente superou expectativas com um aumento de 18,7 por cento no lucro líquido no primeiro trimestre e informou ter assegurado 1 bilhão de dólares em crédito para aperfeiçoar sua rede.

A América Móvil, controlada pelo magnata bilionário Carlos Slim, informou um lucro de 16,4 bilhões de pesos (1,15 bilhão de dólares) no período entre janeiro e março, em comparação com os 13,8 bilhões de pesos arrecadados um ano antes.

Os resultados superaram as previsões de analistas de que o lucro líquido da empresa seria de 15,199 bilhões de pesos.

A receita trimestral, impulsionada por dados e contratos de celular pós-pagos, subiu 15,4 por cento para 93,8 bilhões de pesos, devido a um acréscimo de 3,9 milhões de assinantes, na maior parte do Brasil e do México.

A empresa, que tem operações dos Estados Unidos à Argentina e compete na região com a espanhola Telefónica, fechou o mês de março com um total de 186,6 milhões de assinantes.

Em outro anúncio, a empresa afirmou ter obtido 1 bilhão de dólares em um empréstimo de 10 anos do China Development Bank, o primeiro cedido a uma empresa mexicana pelo banco.

A empresa também lançou sua marca Claro no Panamá em março, o que aumentou sua cobertura na região para 18 países.

(Reportagem de Cyntia Barrera Diaz)